Cultive Ervas para Tratar Pequenas Feridas

Escrito por

Em nossa casa, por mais segura que seja, sempre há setores que podem conter perigo de acidentes para nós.

Podemos nos queimar com chamas e metais quentes, cortar o dedo com a faca de legumes, ferir nossa pele com os espinhos de plantas, etc.

Como nem sempre são ferimentos graves, podemos ter em casa um cantinho para cultivar plantas medicinais antissépticas que ajudam a tratar destes pequenos contratempos que, é claro, não colocam nossa saúde em risco.

Plantas Medicinais Frescas ao Alcance de Todos

Nas plantas medicinais podemos encontrar diversos recursos, como o uso de ervas e sementes para o tratamento de problemas, evitando o agravamento dos mesmos.

Isto permite também que pessoas que residem em lugares afastados, como em sítios ou fazendas, possam usar estas plantas em casos menos graves que não necessitem de atendimento profissional.

Entre as plantas medicinais e aromáticas temos diversas que têm a capacidade antisséptica, isto é, para tratamento de pequenos danos na pele como feridas, arranhões e machucados, que podem ser tratadas de modo caseiro com eficácia.

Algumas são plantas condimentares, usadas em receitas salgadas e doces, e podem ser cultivadas num pequeno canteiro para ter à mão quando necessário.

Plantas Antisépticas para Cultivar em Casa

Entre tantas citamos:

Bardana (Arctium lappa)

Arctium lappa

 

Uso das raízes que têm ação adstringente e bactericida.

Excelente para tratamento de pruridos, picadas de insetos e cortes superficiais entre outros usos

Aquiléia Mil-Folhas (Achillea millefolium)

aquiléia mil folhas

Uma planta de folhas finamente recortadas, cujas folhas têm propriedades anti-inflamatórias e cicatrizante.

Suas flores podem ser usadas para tratamento de reumatismos em cataplasmas de folhas esmagadas.

Alecrim (Rosmarinus officinalis)

Ramo de alecrim

 

Planta conhecida desde remotos tempos para tratamento de feridas, acne, eczema do couro cabeludo e picadas de insetos.

Tomilho (Thymus vulgaris)

thymus vulgarisUma erva condimentar com propriedades antisséptica e desodorante, para tratar acne, faringite, devido à presença de substâncias antibióticas.

Usar em chás para compressas ou gargarejos.

Sálvia (Salvia officinalis)

Salvia officinalisErva condimentar para pratos à base de carnes e do brasileiríssimo feijão. Tem propriedades medicinais antisséptica e anti-inflamatória.

Usar um chá frio das folhas maceradas para lavar feridas.

Outra propriedades interessante é seu uso para afastar traças dos armários em sachês das folhas secas.

Capim-limão (Cymbopogon citratus)

cymbopogon citratus

 

Muito usado para chás calmantes, este pode ser usado também na temperatura ambiente para lavar feridas, pois é bactericida.

Língua-de-Vaca (Plantago major)

tanchagem (plantago major)

 

Planta encontrada em terrenos baldios, suas folhas podem ser usadas para tratamento de picadas de insetos e cortes superficiais.

Alecrim-Pimenta (Lippia sidoides)

alecrim pimenta Lippia sidoides

Um subarbusto do Nordeste brasileiro, com propriedades medicinais antissépticas e antimicrobianas, podendo ser usado para lavar feridas infectadas.

Também eficaz para tirar o odor dos pés.

Calêndula (Calendula officinalis)

calêndula

 

Uma planta anual de verão, de capítulos amarelos, muito ornamental. Suas flores são base para pomadas cicatrizantes.

Fonte:
CORREA, M.Pio. Dicionário das Plantas úteis do Brasil e Exóticas cultivadas. Minist.da Agricultura, Rio de Janeiro, 1975.
LORENZI, Harri & MATOS, F.J Abreu. Plantas medicinais do Brasil. Inst. Plantarum, Nova Odessa, 2002.
MATOS,Francisco J.de Abreu. Plantas medicinais: guia de seleção e emprego de plantas usadas em fitoterapia no Nordeste do Brasil. 2a.ed.Fortaleza, IU, 2000.
MORELLI, Miriam R. Stumpf. Guia de produção para plantas medicinais, aromáticas e flores comestíveis. Cidadela, Porto Alegre, 2010.