Dinheiro-em-Penca (Callisia repens)

Escrito por

Nome Técnico: Callisia repens L.
Sin.: Hapalanthus repens Jacq., Tradescantia minima Hort.

Nomes Populares : Calísia, dinheiro-em-penca, tostão

Família : Angiospermae – Família Commelinaceae

Origem: Originária da América..

Descrição:

Planta herbácea perene rasteira, muito ramificada, excelente para cobertura vegetal do solo em substituição ao gramado.
Atinge uma altura de 10 a 15 cm quando bem desenvolvida.

Os ramos são herbáceos, meio sumarentos quando novos, com a inserção de folhas meio imbricadas verde-claro com bordas ou partes da folha em cor púrpura.
As folhas têm aspecto encerado e brilhante, ovais acuminadas.

As flores são brancas,pequenas e sem caráter ornamental.
Pode ser cultivada em locais de clima ameno a quente, mas em temperaturas muito baixas tendem a desaparecer.

Modo de Cultivo :

dinheiro-em-penca-vasoAprecia cultivos à meia sombra, apresentando queimadura nas folhas se expostas ao sol forte.

Necessita de solo rico em matéria orgânica, mantido levemente úmido.

O canteiro deverá ser preparado com adubo animal de curral curtido, cerca de 3 litros/m² e se for de aves a metade deste volume.
Acrescentar também composto orgânico ou húmus de minhoca, incorporando e nivelando o solo do canteiro.

Se a calísia for colocada na borda do canteiro, plantar primeiro as plantas planejadas e depois a borda.
Usar espaçamento de 5 a 10 cm, plantando na mesma direção, para crescimento e fechamento perfeito da touceira.
O mesmo espaçamento vale para extensões de cobertura vegetal.
Após completar o plantio, regar.

Paisagismo:

Excelente para cobertura e complementação de canteiros à meia sombra, em regiões de clima ameno a quente com chuvas regulares.
Sob árvores em extensos canteiros, cobre o solo, mantendo a umidade para as plantas do espaço, ajudando a filtrar a poeira do ar, e não permitindo que inços creçam, pois forma belo tapete.
É uma boa escolha para locais sombreados e sem pisoteio onde não há possibilidade de cultivar-se gramados.

callisia vasoTambém tem sido utilizada para completar jardineiras e vasos, cultivada como planta pendente.

O vaso deverá ser preparado também com uma mistura de adubo animal e composto orgânico.
Proteger o fundo do vaso com pedrinhas e areia para garantir uma boa drenagem, adicionar a mistura de terra preparada e plantar.

Se usada consorciada com outra planta, apenas como complemento do vaso, plantar por último, uma ao lado da outra sem intervalos para melhor adensamento.
Regar a seguir.

Fica ótima para acompanhamento de plantas perenes e palmeiras de meia sombra.

Produção comercial da Callisia:

É uma planta que pode-se reproduzir facilmente por pedaços de ramos.

Retirar ramos com 10 a 12 cm da planta matriz e colocar em saquinhos substrato de composto orgânico, enterrando pelo menos 3 a 4 nós.
Utilizar caixotes de madeira e acomodar os sacos, 15 unidades por caixa, pois assim será mais fácil o manuseio e depois a comercialização.

Colocar em cultivo protegido com sombra de 50%, mantendo a umidade do substrato, até o momento de levar para comercialização.

É uma excelente cobertura para cultivos à meia sombra e uma boa opção para paisagismo.
Talvez não seja muito utilizada por falta de conhecimento ou oferta do produto.

Plantas de cobertura de meia sombra não são muitas e o produtor que se dedicar a elas terá sempre boa colocação nas floriculturas devido a uma demanda crescente por este tipo de planta.