Capim Palmeira (Curculigo capitulata)

Escrito por

Nome botânico: Curculigo capitulata (Lour.) Kuntze
Sin.: Leucojun capitulatum Lour., Curculigo recurvata W.T.Aiton, Molineria capitulata (Lour.) Herb.

Nome popular: curculigo, capim-palmeira

Angiospermae –  Família Amarylidaceae

Origem: Ásia

 

Descrição

IMG_0477 Curculigo capitulata

Planta perene rizomatosa e entouceirada, de altura em torno de 1,0 m com folhas surgindo diretamento rizoma. São verde claras, longas, ovais acuminadas plissadas, lembrando as primeiras folhas de uma palmeira.

Suas flores são ocaionais, bem pequenas e amarelas surgindo junto ao solo passando desapercebidas entre a folhagem exuberante. 

Modo de cultivo

Curculigo capitulata

O capim palmeira no ambiente natural

É cultivada ao sol da manhã mas com sombra à tarde, desenvolvendo rapidamente grande touceira, podendo abafar outras plantasdevido ao seu caráter invasivo. O solo de cultivo ideal é o rico em matéria orgânica e unimidade moderada.

Para instalar seu cultivo, preparar o canteiro aerando o solo e colocar adubo animal de curral bem curtido, cerca de 1 a 3 kg/m2, adicionando composto orgânico.

Misturar bem, nivelar e plantar as mudas. Em geral vêm em sacos ou baldes de cultivo, rasgar o recipiente colocando em covas do mesmo tamanho do torrão.

Fixar a muda depois regar. Usar o espaçamento de 0,50 cm entre mudas na linha.

A propagação do curculigo é feita por touceiras, melhor na primavera, em potes com composto orgânico e cerca 100 gramas por vaso de adubo animal. Deixar em cultivo protegido por alguns dias.

Em paisagismo o curculigo faz excelente visual junto a paredes e muros sombreados à tarde, quando não são planejadas plantas com flores. É preciso tomar cuidado com sua invasão em gramados, usar o separador de grama para delimitar seu crescimento.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: tanetahi, Clivid