Coroa de cristo (Euphorbia milii)

Escrito por

Nome Botanico:Euphorbia milii Des Moul.

Nomes Populares:coroa-de-cristo, bem-casados, coroa-de-espinhos entre outros.

Família:Angiospermae – Família Euphorbiaceae

Origem:Originária de Madagascar

Descrição:

coroa de cristo detalhe

Planta arbustiva perene, caules lenhosos, espinhentos e lactescentes, pode atingir cerca de 1,0 metro de altura ou mais.
As folhas são ovais, pequenas, inseridas ao longo dos caules de forma alternada.

As flores são bem pequenas inseridas duas a duas rodeadas de brácteas arredondadas nas cores creme ou vermelhas, com pecíolo longo, formando com 4 ou cinco flores uma espécie de inflorescência na ponta dos ramos.

Pode ser cultivada em todo o país, em regiões de invernos amenos a quentes.
É intolerante a geadas.

Modo de cultivo:

Cultiva-se a pleno sol, em canteiros preparados com terra adubada.

Preparar a terra do canteiro retirando inços e pedras.
Adicionar adubo animal de curral bem curtido, incorporando na terra do canteiro. Nivelar com ancinho.

As mudas são em geral comercializadas em pequenas estacas dentro de caixotes ou em sacos de cultivo tamanho médio.

Usar luvas de couro ou especiais para manuseio de plantas com espinhos.
O látex pode causar dermatite de contato na pele.

Para cerca-viva plantar com espaçamento de 30 cm entre plantas.
Regar a seguir.
As regas depois deverão ser espaçadas, pois esta é uma planta tolerante à seca.

Propagação da coroa de cristo:

Para fazer mudas, utilizar um podão afiado e luvas para proteger a pele dos espinhos.
Cortar as estacas e enterrar em substrato feito de mistura de terra comum de canteiro e areia, regando bem a seguir.

É uma planta que enraíza facilmente.
A melhor época é no fim do outono ou meio do inverno.

Paisagismo e uso decorativo:

euphorbia milii no jardim

Esta é uma planta que tem feito parte de jardins públicos e privados.
Usada como cerca-viva para impedir a passagem de pessoas ou animais, mostrou-se eficiente.

No entanto muitos a cultivam em calçadas.
Como planta espinhosa e tóxica não recomendo seu uso desta forma, pode ocasionar ferimentos em pessoas e crianças.

Pode, no entanto, fazer parte de projetos de jardins rurais, para deter animais domésticos ou selvagens.
Seu uso em jardins empresariais como cerca – viva é excelente.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Drew Avery