Cidrão de árvore (Aloysia triphylla)

Escrito por

Nome Técnico: Aloysia triphylla (L’Her.)Britt
Sin.: Lippia citriodora Lam.) Kuntze, Aloysia citriodora Ort., Lippia triphylla ( L’Hér.)Kuntze

Nomes Populares : Erva Maria Luíza, erva-Luíza, verbena-cidrada, cidrão, cidrão de árvore.

Família : Angiospermae – Família Verbenaceae

Origem: Originária do Brasil (Rio Grande do Sul) e Argentina.

Descrição:

cidraoÉ um arbusto de folhas perenes, que pode crescer até 3,0m de altura, bastante ramificado, de ramos tortuosos e folhas verdes ovais, simples, estreitas e por vezes serrilhadas,muito perfumadas.

As flores são pequenas, na cor branca com sombra lilás dispostas em espigas, reunidas em grande panícula piramidal.

É cultivado pelo sabor e perfume de suas folhas aromáticas, mas tem belo efeito ornamental e poderia ser mais cultivada no paisagismo.

Técnica de cultivo

Deve ser cultivado em pleno sol em solo de boa fertilidade, profundo e bem drenado.

Para plantio da muda, recomenda-se que seja adquirida já num tamanho de pelo menos 0,50m de altura.

A cova de plantio deverá ser profunda, colocando areia no fundo misturado com a terra.

Adicionar composto orgânico e húmus de minhoca com adubo animal já curtido, colocando terra comum para misturar bem.

Acomodar o torrão e preencher laterais com composto orgânico,não esquecendo de regar depois para completa aderência do substrato colocado ao torrão.

Regar com frequência até que a planta mostre sinal de estar se desenvolvendo, passando depois para regas regulares.

Uso culinário e medicinal:

Seu uso em chás e para umedecer base de tortas é bastante conhecido, além de sua fama de medicinal.

As folhas do cidrão são consideradas excelentes para tratamento de insônia, resfriados e problemas digestivos.

As folhas contém óleo essencial com citral o que lhe confere o odor de limão.

Outros elementos pesquisados determinam também o caráter medicinal de suas folhas, principalmente como bacteriostático.