O chifre-de-veado

Escrito por

Nome Técnico:
Platycerium bifurcatum C.Chr.
Nomes Populares:
Chifre-de-veado, platicério
Família:
Pteridophyta – Família Polypodiaceae
Origem:
Originária de diversos lugares, como América do Sul, África, Austrália, Nova Guiné entre outros.

Descrição:

Planta herbácea epífita que se prende a árvores e outros suportes.

Tem rizoma curto produzindo dois tipos de frondes. Uma basal e outras diferenciadas desta que são férteis.

A fronde basal é estéril, tem forma de rim e parece uma lâmina, e serve para proteção das raízes contra danos mecânicos e contra a seca.
Em algumas plantas deste gênero estas frondes formam uma espécie de coroa que capturam água e resíduos de folhas.

As frondes férteis têm esporos na página inferior que tem a aparência de um veludo marrom.

Modo de cultivo:

O platicério tolera temperaturas de 5 ºC, mas desenvolve-se melhor em regiões quentes e úmidas, cultivadas à meia sombra.

Substrato :

Precisa de substrato leve, humoso e fértil.

Misturar em partes iguais o composto orgânico completo, areia e pó de casca de coco.
Deixar antes este pó de molho em água por alguns dias, trocando a água para retirar os compostos fenólicos que poderão prejudicar o desenvolvimento da planta.
composto orgânico poderá ser feito em casa, leia mais sobre como fazer.

Local de cultivo e uso decorativo:

Esta samambaia tolera sol pela manhã e pode ser cultivada sob árvores, em interiores bem iluminados, iluminação indireta, sendo ótima opção para quem deseja uma samambaia de grande porte.

Propagação de mudas do chifre de veado :

 

Para fazer a propagação do platicério usam-se os filhotes que surgem junto das matrizes ou então por esporos, no verão ou outono.

Os esporos situam-se nas pontas da parte inferior das folhas, parecendo uma ferrugem marrom lanosa.
Passar de leve algodão ou sfagno e umedecer bem, deixando dentro de um vaso, mantendo sempre úmido.
Dentro de algum tempo irão aparecer as pequenas plantinhas.

Veja orientações no artigo de cultivo.

 

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Ryan Somma