Cerejeira Rosa (Prunus campanulata)

Escrito por

Nome Botânico: Prunus campanulata Maxim.

Sin.: Cerasus campanulata A.N. Vass.

Nomes Populares: Cerejeira rosa, cerejeira do japão, cerejeira-de-taiwan

Família: Angiospermae – Família Rosaceae

Origem: Japão

Descrição

cerejeiraÁrvore de folhagem caduca e altura até 6,0 metros, muito ramificada, com a copa arredondada e lento crescimento.

As folhas são ovais acuminadas, estreitas e denteadas na borda em cor verde intenso.

As flores são pequenas completas, de pecíolo curto, com 5 pétalas na cor rosa e, mas também poderão se apresentar com pétalas dobradas.
As flores formam agrupamentos ao longo dos ramos, cobrindo-os completamente.

No outono a árvore perde a folhagem e quando ocorre a floração as folhas ainda não apareceram, num efeito ornamental espetacular.

Floresce no inverno e pode ser cultivada em regiões de temperaturas mais frias, como nas regiões de altitude do Estado de São Paulo e nos Estados do Sul do país.

Como Plantar a Cerejeira Rosa

A cerejeira necessita de climas mais frios, onde floresce de forma maravilhosa. O local deve receber sol a maior parte do dia e o solo deve ter bom teor de matéria orgânica e ser bem drenado.

Para plantar a muda a melhor época é no inverno antes de sua floração.

cerejeiraAbrir um buraco com o dobro do torrão. Com a pazinha soltar a terra do fundo e um pouco nas laterais para propiciar melhor desenvolvimento das raízes.

Em geral a muda vem do viveiro em vasos de plástico.

Cortar o recipiente com podão para não danificar as raízes da planta.

Misturar num balde ou em lona sobre o chão uma mistura de composto orgânico com adubo animal de curral bem curtido, cerca de 1 kg por muda.

Adicionar 100 gramas de farinha de ossos ou fosfato natural de rocha. Colocar parte no fundo, acomodar o torrão e preencher as laterais com a mistura. Regar bem.

Se na época do plantio as chuvas estiverem escassas, regar todos os dias até 10 ou 15 dias após o plantio.

Adubação

cerejeiraTodos os anos no outono realizar adubação de reposição, misturando composto orgânico com adubo animal de curral bem curtido colocando ao redor da projeção da copa da árvore. Regar bem após.

Manter o controle de insetos que poderão atacar, como por exemplo, cochonilhas-cabeça-de-prego nos ramos e folhas e pulgões nas flores.
Usar defensivos verdes para não envenenar o jardim, mas apenas se a infestação for grande.

Com controle periódico, é possível detectar a presença dos insetos sem que isto chegue a apresentar dano maior para a planta.
Pássaros e insetos predadores costumam exercer bom controle sobre estas pragas.

As podas são somente feitas se algum ramo estiver fora da copa arredondada.

Paisagismo e Uso Decorativo

Seu crescimento lento e sua pouca altura a fazem uma boa opção para pequenos jardins.

Sua floração é espetacular e pode ser considerada uma planta estrela quando florida.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: mauroguanandi, mauroguanandi