Capororoca (Rapanea ferruginea)

Escrito por

Nome botânico: Rapanea ferruginea (Ruiz & Pav.) Mez

Sin.: Caballeria ferruginea Ruiz & Pav., Myrsine tomentosa C.Presl., Myrsine virides Rusby

Nome popular: capororoca, azeitona-do-mato

Angiospermae – Família Myrsinaceae

Origem: nativa brasileira 

Descrição:

Árvore de 6 a 12,0 metros de altura, perenifólia e com tronco que pode atingir até 0,40 m quando adulta.

Sua copa é rala feita de folhas ovais simples, inseridas de forma espiralada nos ramos.

As flores são pequenas não se constituindo em atração ornamental.
Produzem frutinhos tipo drupas globosas de casca preta que são avidamente procurados por pássaros.

É uma árvore que cresce espontaneamente em todas as regiões do país.

Modo de cultivo

Para plantar mudas de capororoca, adquirir em viveiros especializados em mudas nativas, escolher plantas com 1,80 a 2,20 m de altura, com copas bem formadas.

Myrsine sandwicensisAbrir um buraco maior que o torrão da planta.

Descompactar as paredes e também o fundo soltando a terra com a pazinha.

Colocar no fundo um pouco de areia para garantir a drenagem, adubo orgânico de curral bem curtido, cerca de 1 a 2 kg,  mais 200 gramas de farinha de ossos, misturando com composto orgânico de folhas o quanto seja necessário.

Colocar a muda com o tutor, preencher com a mesma mistura e fazer uma bacia com a terra do fundo do buraco, apertando de leve.

Isto serve para receber a água das regas, que deverão ser feitas todos os dias até pelo menos 10 dias após o plantio.

O uso de tutor se faz necessário para que a muda se desenvolva com o tronco ereto. Necessita de sol e regas regulares enquanto está na fase de fixação no local

A melhor época de plantio é no inverno para os Estados do Sul do país e na época das chuvas para os demais. 

Adubação da Myrsine

No inverno seguinte realizar uma adubação com a mesma mistura do plantio, colocando ao redor da projeção da copa e regando bem.

Muitas vezes há dificuldade de fazer este procedimento.

Então, usa-se fazer pequenas escavações ao redor da copa, colocando adubo granulado formulação NPK 10-10-10, cerca de 50 gramas em cada espaço, dissolvendo com uma rega cuidadosa.

Cobrir novamente com a terra do local. Isto propicia uma quantidade extra de nutrientes enquanto a planta ainda não tem sua rede de raízes que exploram o solo.

Esta tarefa pode ser realizada até 4 anos consecutivos,  a partir daí a muda já estabelecida tem condições de prosseguir sem ajuda.

Paisagismo e uso decorativo

Capororoca - myrsine com frutos

Capororoca – myrsine com frutos

 
Esta árvore quando ainda muda nova em formação tem belo efeito paisagístico, sendo utilizada em projetos sustentáveis de parques e avenidas.

Uma excelente opção para projetos de arborização em locais públicos, empresariais e para condomínios, onde haverá a presença de pássaros à busca de seus frutinhos, possibilitando sua sobrevivência em ambiente urbano.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: D.Eickhoff, João de Deus Medeiros