Canteiros de Jornal e Papelão para sua Horta

Escrito por

O cultivo de hortaliças e ornamentais pode ser feito em canteiros tradicionais, com a preparação do solo, adição de substratos e posterior plantio e cultivo.

Muitas vezes o terreno está  inçado, tem gramado ou é muito compactado, podendo apresentar inclusive rochas aflorantes.

Isso pode representar dificuldades para estabelecer um espaço e podemos solucionar este problema cultivando de modo alternativo.

Bases Alternativas de Papelão ou Jornais

O uso de uma base feita de papel de jornais velhos ou papelões de embalagens é uma alternativa viável, com a construção de um berço, acima do solo, que receberá as plantas.

As espécies não podem ter raízes muito profundas, como cenouras e salsas ou plantas arbustivas ornamentais de grande porte.

canteiroA altura do berço depende do que se deseja cultivar, mas de 25 até 30 centímetros é o suficiente.

É interessante salientar que continuamos com espaço permeável, já que a base é o solo e ele receberá a água de regas ou chuva, percolando pela base de papel e areia embaixo do substrato.

Não há piso impermeável nesta forma alternativa, como acontece na téçnica do wicking bed, quando usamos um plástico de base e que, este sim, poderá ser usado para cultivo sobre lages e pisos impermeáveis.

Como Preparar uma Base de Papelão ou Jornal

Analisar o terreno onde será colocado o berço, escolhendo a luminosidade mais adequada.

Hortaliças de folhas se desenvolvem melhor para orientação Leste, com sol até o meio dia; aromáticas necessitam de mais sol, de modo que é melhor colocar o canteiro para Norte ou Oeste.

Sombreamentos de plantas perenes mais altas são também boa alternativa para folhas mais sensíveis.

Estabelecer a dimensão e o desenho do berço: quadrado ou retangular.

Outras formas também são viáveis e dependerá da habilidade de quem faz o serviço.

Rodear a forma do canteiro com tábuas de demolição.

canteiro base jornalPrenda em sarrafos fincados no chão junto aos cantos para evitar que caia ao ser colocada a terra.

Outro tipo de cerca poderá ser feita com bambu cortado, tijolos, pedras ou placas de cerâmica que sobraram de pisos ou garrafas PET cortadas.

Quem optar pela garrafa PET deverá furar a base para drenagem da água das chuvas, cortar perto do gargalo, semi-enterrar no chão para firmar e encher de terra, para aumentar seu peso, servindo de muro de contenção para o berço.

Nelas poderá inclusive plantar uma bordadura como, por exemplo, cebolinhas e alhos.

Cortar rente qualquer tipo de vegetação que estiver presente no espaço delineado.

Não é preciso cavar nem retirar raízes.

O sombreamento causado pelo berço de papel e substrato não permitirá que inços ultrapassem e venham competir com as plantas de cultivo.

Forrar com o jornal ou papelão.

Colocar dentro do espaço delineado e cercado diversas folhas de jornal velhos ou qualquer tipo de papelão ou papel de embalagens, como aquele de caixas de pizzas ou que podemos pegar em supermercados.

Fazer uma camada grossa de cerca de cinco centímetros, espalhando bem e cobrindo toda a superfície.