Bucha ou Esponja Vegetal (Luffa aegyptiaca)

Escrito por

Aprenda a plantar a bucha vegetal (Luffa aegyptiaca), muito usada como esponja para banho e limpeza da casa. É uma espécie asiática do tipo trepadeira.

Nome botânico: Luffa aegyptiaca Mill.
Sin.: Cucurbita luffa hort.,  Luffa cylindrica M.Roem., Luffa pentandra Roxb., 
Nome popular: esponja vegetal, bucha
Angiospermae – Família Cucurbitaceae
Origem: Sul e Sudeste da Ásia

Bucha ou Esponja Vegetal (Luffa aegyptiaca): Descrição

flor luffaPlanta herbácea anual de caráter trepador, com dimensões até 9,0 metros de comprimento. Os ramos são flexíveis e verdes, providos de gavinhas que se prendem a outras plantas e suportes.

As folhas são grandes e numerosas com lobos recortados que lembram os do pepino. As flores são grandes com cerca de 5 cm x 7 cm, com cinco pétalas, separadas em flores femininas e masculinas na mesma planta (monóica).

O fruto que se segue é cilíndrico com 61 cm de comprimento por 8 cm de diâmetro, semelhante a um grande pepino, que também é da mesma família.
Tem consistência fibrosa e com grande número de sementes pretas.

Os frutos secos são usados como esponja vegetal para limpar louças, limpeza geral e como bucha para banho.

É considerada planta invasora de cultivos, pois cresce sobre outras plantas de forma rápida. Mas é uma excelente opção para pequenos produtores de hortaliças, como uma alternativa de comercialização.

Como Plantar a Bucha Vegetal

A planta necessita de sol e muita água para crescer e produzir, preferir a exposição para Norte ou Oeste. A temperatura ideal de cultivo fica em 28ºC, mas tolera regiões de clima com temperaturas entre 16ºC e 30ºC.

O solo de preferência deve ser profundo e com bom teor de matéria orgânica, bem drenado, isto é, sem encharcamentos.

esponja vegetal pergolado

Buchas devem ser plantadas junto a pergolados

Em produções é costume fazer a análise do solo, que deverá ser corrigido para um pH=6,0 e seguir a orientação de um profissional.
Ele fará a recomendação das quantidades de insumos aplicados, bem como a indicação das práticas conservacionistas como curvas de nível e terraceamento.

O cultivo é feito em espaldeira ou latada. No cultivo caseiro usamos uma pérgula ou cercas de divisa. Para cultivar, conseguir as sementes adquirindo as buchas no mercado local. Abrir, extrair as sementes e semear em local definitivo junto a treliças ou cercas de arame.

No final do inverno abrir uma cova, colocando uma mistura de composto orgânico e adubo de aves em partes iguais, deixando com 5 cm de profundidade.
Colocar 3 sementes, cobrir e regar bem nos próximos dias.

Já colocar um bambu ou arame para a condução da planta para a treliça ou cerca. Quando tiver aproximadamente 3,0 metros de comprimento, será iniciada a emissão de flores.

Surgem primeiro as flores masculinas, de longo pendão, dias após as femininas aparecem, são mais junto da axila das folhas, maiores e com um cálice alargado que é seu ovário.
Após a fecundação, com polinização de insetos, principalmente abelhas, os frutos se formarão.

Para continuar a cultivar todos os anos a planta não se esquecer de guardar sementes para a próxima estação.

Preparação do Fruto da Esponja Vegetal

Luffa aegypticaQuando o fruto estiver maduro, retirar da planta, colocando em local protegido de chuvas. Pode deixar secar naturalmente ou apressar, lavando bem para retirar a pele.
Após isto, lavar com detergente caseiro para limpar e deixar macia. Deixar secar bem ao sol.

Para comercializar poderá cortar em pedaços e decorar com tecidos, caso o destino seja bucha para banho. Seu cultivo em jardins não está descartado, pois as folhas são vistosas de um verde profundo e bem ornamentais.