Bokashi: Fertilizante Orgânico para Fazer no Sítio ou em Casa

Escrito por

O bokashi foi desenvolvido por colonos japoneses na década de 70 no Japão. É uma mistura de muitos elementos que fazem um ótimo fertilizante, melhorando solos e que propicia nutrientes para as plantas cultivadas. Aprenda a fazer em casa.

O nome “bokashi” significa diluir material fermentado. É uma técnica semelhante à compostagem, muito boa para ser usada em sítios de pequenos produtores que cultivam alimentos.

Também poderá ser uma excelente opção de renda para vender este produto em sacos para consumidores finais que desejem usar em seus jardins e hortas.

O Que É o Bokashi

terra broto plantaO bokashi é sobre o uso de elementos orgânicos e alguns inorgânicos para gerar uma fermentação.
Há bom resultado com seu uso: a melhoria da resistência a doenças e muito bom desenvolvimento vegetal, aumentando sua capacidade na realização da fotossíntese.

Os micro-organismos responsáveis pela fermentação conseguem simplificar substâncias como aminoácidos e açúcares. Que são absorvidas pelas plantas e usadas para seu desenvolvimento.

Para o solo, representa um acréscimo de nutrientes, utilizados pelos micro-organismos da terra. Assim, ocorre o aumento dos teores de matéria orgânica e condições melhores para a terra.

Fórmulas e Receitas para Fazer Bokashi

Muitos materiais entram na fórmula do bocashi, havendo muitos componentes e fórmulas disponíveis para montar o seu. Na forma líquida ou granulada.

Fórmula 1: Grande Quantidade

  • 70 litros de composto orgânico de folhas e cascas
  • 20 kg de torta de mamona esfarelada
  • 600 g de farinha de fubá de milho
  • 4 kg de farelo
  • 5 kg de farinha de ossos calcinada
  • 2 kg de vermiculita
  • 15 kg de húmus de minhoca pronto
  • 180 g de melaço de cana
  • 0,5 ml levedura como a dos leites fermentados

Fórmula 2: Permite Volume Pequeno do Produto Final

Use uma lata de 1 kg (como as do tipo leite em pó ou lata de pêssegos) para medir a mistura:

  • 1 parte de farinha de semolina, farinha de arroz ou de amido de milho, fonte de energia para os micro-organismos
  • 1 parte de carvão vegetal moído
  • 2 partes de esterco de aves bem curtido
  • 2 partes de casca de arroz
  • 6 partes de solo de mato (camada superficial rica em matéria orgânica)
  • mistura de água (70%) com 1 parte de açúcar mascavo (30%)
  • 1 parte de micro-organismos, que podem ser levedura (Saccharomyces spp.) ou lactobacilos (Lactobacillus spp.)

Mistura e Fermentação do Bokashi

bokashi ingredientesO modo de preparo para as duas formulações é igual: colocar uma lona no chão e espalhar em pilhas o material da fórmula. A mistura poderá ter acréscimo de água, para tornar a mistura mais úmida, mas não encharcada.
Cobrir com uma lona para propiciar a fermentação.

Os micro-organismos e leveduras farão o trabalho, sendo que no primeiro dia haverá a elevação da temperatura do material. Após 8 a 10 dias, conforme a região e a temperatura, a pilha deverá continuar tapada e para descansar, estabilizar e esfriar.

Quando estiver na temperatura ambiente estará pronto. Mesmo que parte ainda esteja sendo decomposta (partes vegetais), as bactérias presentes no solo continuarão a fazer a mineralização.

Não há perigo em utilizar o material e queimar suas plantas. Use em canteiros misturado à camada superior do solo e em covas de plantio.

Receita para Fazer o Fertilizante Bokashi em Casa

Esta fórmula permite uma pequena quantidade, pode ser preparada em casa ou apartamento.

Usar um recipiente grande e colocar 2,5 kg de farelo (trigo, soja), 500g de cascas de arroz cruas, 50 g de farinha de ossos carbonizada (fonte de fósforo), 2 colheres de sopa de açúcar mascavo e 1 vidrinho de leite fermentado com lactobacilos vivos (comprado em supermercados).

Acrescentar pelo menos uma colher de sopa do bokashi comercial pronto.

Então, misturar todos os ingredientes secos com uma colher de madeira. Misturar o açúcar mascavo, o leite fermentado e um pouco de água, formando uma pasta meio mole. Juntar aos outros ingredientes.

Coloque luvas, se não deseja sujar as unhas. Com as mãos, vá misturando até obter uma massa homogênea. Deixar compactado.

A água usada para umedecer o material deverá ser duplamente filtrada para retirar o cloro, deixando 24 horas em recipiente aberto ou então usar água de chuva. Não colocar água demais. Fechar o recipiente com tampa ou colocar um saco plástico.

A Importância do Bokashi Ser Fermentado em Recipiente Fechado

kit bokashi

Kit para preparo de bokashi

Há muitas recomendações para manter o recipiente fechado. É fato que o bocashi é um fermentado orgânico feito em condições anaeróbicas. Sem ar haverá a fermentação somente anaeróbica do material.

Caso contrário o produto será mais ácido, pela atuação de bactérias que trabalham em condições com pouco oxigênio.

Kits de preparo caseiro do bokashi incluem um recipiente com capacidade de lacre para que a fermentação da mistura seja totalmente preservada.

Dicas para Fazer o Composto Bokashi

O que fazer se o composto ficar com cheiro muito ácido?

Sabemos que materiais decompostos não tem o odor de um ramo de rosas. Mas quando o que obtemos for produto com cheiro ácido e desagradável, ele também será capaz de queimar suas plantas.

Caso este odor surja durante o processo, acrescente mais bokashi comercial e revire a pilha. Se ainda assim, passado um tempo, continuar com odor desagradável, é hora de descartar o produto, lavar o recipiente e começar de novo. O odor final adequado é agridoce.

Preparo do Bokashi no Dia a Dia

bokashi composteiraVocê pode preparar todos os dias um pouco de bokashi com um mínimo de esforço e um máximo de proveito. Adquira um saco de bokashi comercial, vendido em agropecuárias.

Quando for descartar cascas de frutas, hortaliças no lixo, faça picadinho delas antes (ou passe em liquidificador para particular bem), escorra a água. Coloque num recipiente e despeje por cima o bokashi pronto, revirando um pouco, compactando também.

Cubra a boca do recipiente. Restos de leite e iogurte podem também ser acrescentados no recipiente, fornecendo lactobacilos. Drenar o líquido formado e descartar.

Quando o recipiente estiver cheio, feche e coloque em local sem sol. Em poucos dias, de 10 a 30 dias, conforme a estação do ano e a região onde mora, estará pronto o material.

Uso do Bokashi

Pode ser usado líquido, acrescentando água e regando os canteiros onde irá plantar ou quando as plantas estiverem crescendo.

O granulado pode ser incorporado a composto orgânico e húmus na mistura usada para plantios de árvores e arbustos.

Como é mais ácido, não use em plantas suculentas e cactáceas. A não ser que misture com húmus de minhoca, cerca de 100 g de bokashi caseiro para 1 kg de húmus.