Azaléia (Rhododendron simsii)

Escrito por


Nome Técnico:  
Rhododendron simsii

Nomes Populares :  Azaleia, azalea

Família :  Angiospermae – Família Ericaceae

Origem:  Originária da China

Descrição:

É um arbusto lenhoso de fácil cultivo, ideal para as regiões temperadas do Brasil, com temperaturas mais baixas durante o inverno.

Tem a forma arredondada e pode crescer até 2,0 metros de altura, mas seu crescimento é lento. 
Pode formar grandes maciços, podendo ser usado para cerca viva.

Azaleas [1]As folhas são pequenas e de textura áspera. As flores são de formato tubular na ponta dos ramos nas cores branca, várias semitons de rosa, magenta e púrpura.

Em algumas regiões a floração é tão grande que as folhas ficam escondidas no meio das flores, tornando-se um espetáculo. 
Floresce na do meio do inverno até a primavera.

Encontramos diversas espécies e cultivares, mas oRhododendron simsii Planch. é a azaleia mais popular em cultivo no país. 
A azaleia de buquê é pouco cultivada ainda aqui no país, encontramos apenas a de flores rosa claro, que necessitam de pouco frio para florescimento.

Em outros países como Estados Unidos e Inglaterra o cultivo destas espécies e híbridos é muito grande e encontramos flores nas cores branca, rosa, amarela, vermelha, púrpura ou variegadas.

Cultivo da azaléia:

azalea

Azalea branca

Esta planta necessita de local ensolarado, solo fértil ácido e profundo, com boa drenagem.

O solo

A preparação do solo deve ser feita com turfa ou composto orgânico, que tem pH mais baixo, devendo ser evitada  a colocação de húmus de minhoca.

O pH ideal de cultivo da azaleia é 4,8. O solo de cultivo deve ser bem revolvido em profundidade.

O plantio

Azaléias (Rhododendron azaleia)

De origem chinesa a azaléia pode ser usada para Bonsais

A cova de plantio deve ser o dobro do tamanho do torrão. Colocamos no fundo uma boa porção de areia, depois composto misturado com adubo animal de gado ou aves, numa quantidade que irá variar em função do tamanho da cova, mas cerca de 1 litro de adubo é o suficiente.

Proteger as raízes do contato direto e imediato com o adubo dando uma misturada deste com o composto.

Acomodar a muda no buraco e ao redor colocar o composto, soltando a terra do torrão com as mãos, delicadamente, se estiver compactada.
O resultado é que as raízes laterais se desenvolverão melhor.

Regar muito bem e repetir todos os dias até que notar que muda está se desenvolvendo.

A melhor época de plantio é no outono