Arruda (Ruta graveolens)

Escrito por

Nome Técnico:  Ruta graveolens L.
Sin.: Ruta hortensis Mill.

Nomes Populares :  Arruda

Família : Angiospermae – Família Rutaceae

Origem: Europa.

Arruda (Ruta graveolens) – Descrição:

Arruda (Ruta graveolens)

Arruda (Ruta hortensis)

Planta semiarbustiva, caule ereto e pouco lenhoso, pode atingir mais de 1,0 metro de altura.

Folhas verde-azuladas, compostas, pinadas, de odor forte e pungente.

As flores são pequenas e amarelas, dispostas em inflorescências terminais.

Arruda (Ruta graveolens) – Modo de Cultivo:

Local ensolarado, solo rico em material orgânico e bem drenado.

Esta planta em geral é cultivada nos quintais ou em jardineiras. Seu perfume forte afugenta insetos que vem atacar as plantas de horta.

Pela coloração da folhagem pode ser utilizada no paisagismo.

Arruda (Ruta graveolens)Para cultivar, preparar a cova de plantio com adubo animal bem curtido, cerca de 500 gramas, misturado com a terra do canteiro.

Acomodar o torrão e preencher com composto orgânico, regando a seguir.

Pode colocar um tutor feito de bambu ou pequena treliça, pois o caule flexível é sensível a ventos fortes.

Para fazer mudas cortar ramos terminais e colocar em substrato do tipo areia, casca de arroz carbonizada, perlita ou vermiculita.

Regar bem e manter coberto com plástico.

Transplantar para recipientes ou canteiro quando as mudinhas enraizarem.

Uso medicinal e mistico:

Arruda (Ruta graveolens) em flor

Arruda (Ruta graveolens) em flor

É considerada desde tempos remotos como planta medicinal, mágica e de proteção para mau-olhado.

Com pimentas, comigo-ninguém-pode e outras plantas que têm também esta fama, são comercializadas em jardineiras nas floriculturas.

Contém princípios ativos e fotosensibilizantes para a pele e deve ser manuseada com cuidado.

Seu uso como medicinal pela medicina caseira ainda merece estudos farmacológicos e não deve ser usada sem acompanhamento médico.