Hibisco da Síria (Hibiscus Syriacus)

Escrito por

Nome botânico: Hibiscus syriacus

Nomes Populares: Hibisco da Síria, hibisco, rosa de Sharon

Família: Família Malvaceae

Origem: Originário da Ásia

Descrição:

Arbusto de crescimento rápido, forma colunar, muito ramificado, com folhas escuras serrilhadas de forma irregular e flores vistosas, de pétalas simples ou dobradas ao longo dos ramos.

hibisco branco

Encontram-se flores em branco, rosa, violeta e roxo, produzindo sucessivas camadas de flores o ano todo.

Seu tamanho pode pode atingir 3,0 m de altura.

Cultivo:

Em locais ensolarados, com solo de fertilidade média.
É necessária a adição anual de composto orgânico e regas regulares.

Tolera regiões de clima frio mas sua floração mais abundante é em lugares com clima de característica tropical.
Pode ser podado, caso seja usado como cerca-viva, quando então a produção de flores diminui bastante.

Na ocasião pode ser feita estaquia dos ramos para produção de novas mudas, retirando-se parcialmente as folhas, as flores e os botões.
Colocar as estacas em areia de construção previamente lavada e úmida até o completo enraizamento.
A distância entre plantas deve ser de 0,50 m para cerca-viva, seja de ornamentação ou cortina vegetal.

Ambiente e uso decorativo:

hibisco da síriaPode ser usado como cerca-viva, cortina de proteção visual ou como planta mais alta em maciços de plantas menores e outras formas.

Muito ornamental e de fácil manutenção.