Aquaponia: Por Onde Começar

Escrito por

A aquaponia é um sistema sustentável de criação de peixes (piscicultura) integrado com um cultivo hidropônico. Animais e vegetais são criados ao mesmo tempo e de forma colaborativa.

Tanto os peixes quanto o cultivo podem ser para fins de alimentação quanto para ornamentação – ao mesmo tempo ou apenas uma das partes. No entanto, em geral ambos visam a alimentação humana.

Na aquaponia, a água do aquário de peixes, cheia de restos de comida e detritos, circula até a mesa de cultivo de hortaliças. Lá, os vegetais funcionam como um filtro biológico que purifica a água, devolvendo-a limpa para o aquário.

Esse sistema vem ganhando enorme popularidade entre moradores de casas pequenas ou apartamentos. Isso porque possibilita a produção de hortaliças e peixes sem ocupar muito espaço.

Conheça a seguir as partes fundamentais para montar seu próprio sistema de aquaponia.

Mudas para Cultivo em Aquaponia

As mudas para plantio em aquaponia podem ser encontradas prontas, ainda pequenas, no comércio.

Também podem ser cultivadas com sementes em terra e, assim que brotarem e tiverem raízes mínimas, transferidas para a mesa de cultivo da aquaponia.

Nesta matéria sugerimos espécies de vegetais e de peixes para a aquaponia.

A Mesa de Cultivo para Aquaponia

aquaponiaÉ na mesa de cultivo que são acomodados os vegetais desejados.

Ela é formada pelo recipiente que conterá o substrato, e que suportará fisicamente as raízes das plantas e as bactérias que degradarão naturalmente os detritos e restos de alimento dos peixes.

O substrato poderá ser cacos de telhas de barro, argila expandida ou outros.

A mesa de cultivo deve ser de materiais que não enferrujem e sejam impermeáveis. Plásticos, vidros, jardineiras e canos em PVC são permitidos.

O importante é que tenham no mínimo 30cm de altura. Assim comportará bem a colônia de bactérias e as raízes.

Uma mangueira transparente levará a água da mesa de cultivo para o tanque de peixes. Use cola de silicone para vedar as entradas de tubos na mesa e no tanque. Aguarde sempre 24 horas até que o silicone entre em contato com a água.

O Tanque de Peixes na Aquaponia

aquario-aquaponiaO tanque é o aquário aonde os peixes da aquaponia viverão.

É claro que estruturas realmente reduzidas de aquaponia, para peixes ornamentais e plantas sem fins alimentícios, podem de fato viver em aquários comuns.

No entanto, se a intenção é produção, o conceito se aproxima mais do tanque.

O tanque pode ser feito de piscinas velhas, caixas d’água, banheiras e outros. Suas dimensões influenciarão no tamanho da bomba d´água.

No mínimo, a proporção entre a mesa de cultivo e o tanque é de um para um. No entanto, quando o cultivo dos vegetais é mais importante do que a criação dos peixes, esse número pode ser de 300lt de mesa de cultivo por 100lt de tanque.

Se o seu tanque possui mais de 400 litros, recomenda-se a instalação de um aerador, para oxigenar a água para os peixes.

A referência para a quantidade de peixes indicada é de 1kg de animais para cada 40 litros de água.

Atenção à Bomba D´Água e ao Sifão

Conforme já mencionado, a bomba que deverá ser adotada depende da capacidade do tanque que você tem e qual a distância entre o mesmo e a mesa de cultivo.

Se por exemplo a distância for de 1 metro a 1,1 metro, recomenda-se uma bomba de vazão de no máximo 1200L/hora. Lojas de paisagismo e aquarismo as vendem.

aquaponia-meninas-cultivo

O sifão é a parte da tubulação que possibilita a troca total da água do aquário sempre que a mesa de cultivo estiver totalmente inundada. Trata-se de um sifão comum com um tubo fechado por cima (sino) e entrada somente pela parte inferior.

Quando a água atinge o nível da boca do sifão, ela passa a escoar para o interior do tubo. Logo, o ar que está no sino é sugado junto com a água e provoca um vácuo que mantém o nível da mesma sempre acima dessa parte.

Referência: Universidade Federal do Paraná