Antúrio (Anthurium andreanum)

Escrito por


Nome botanico: 
Anthurium andreanum Linden

Nomes Populares:  Anturio

Família:  Família Araceae

Origem:  Originária da América do Sul

Descrição:

anturio_flor_brancaPlanta herbácea de altura em torno de 1,0 m, não ramificada, com caule tortuoso e curto de onde partem raízes fortes e carnosas mesmo fora do solo.

As folhas são grandes, cerca de 0,40 m, em forma de coração, cor verde-clara, brilhantes, inseridas no caule em espiral com longo pecíolo.

As flores são em forma de espádice, isto é, com uma coluna carnosa ereta ou retorcida de flores masculinas e femininas separadas por uma faixa de flores estéreis, que é protegida por uma bráctea aberta colorida.

As cores são branca, rosa claro, rosa escuro, laranja e vermelha.
Floresce durante o ano todo, principalmente no verão.

Pode ser cultivada no país todo.

Como plantar o antúrio:

 

O solo deve ser rico em matéria orgânica, com textura grosseira e bem drenado.

Pode ser plantado em canteiros ou em recipientes como vasos e jardineiras.

Plantio em canteiros:

Para canteiros, abrir um buraco maior que o torrão da planta.

Colocar areia no fundo. Misturar num balde esterco de curral bem curtido, areia e composto orgânico, na proporção de 1:1: 3.

Acrescentar adubo granulado do tipo NPK formulação 10-10-10, cerca de 100 gramas.

Colocar no fundo do buraco, colocar o torrão e preencher os vãos com a mistura. Regar bem.

Plantio em vasos ou jardineiras:

anturioPara vasos ou jardineiras, proteger o interior do recipiente com um impermeabilizador asfáltico e deixar secar alguns dias para evaporação do material.

Proteger o fundo do recipiente com brita, geomanta ou cascalho fino, para garantir a drenagem das regas.

Colocar areia de construção sobre a proteção e parte da mistura descrita acima.

Acondicionar o torrão com a planta e preencher o restante com a mistura.

Regar e deixar em cultivo protegido e longe do sol.

Propagação do antúrio:

Para fazer a propagação desta planta cortar um pedaço do caule, onde haja raízes e plantar.
A separação de touceiras também é outro modo de obter mudas, pois inúmeros filhotes nascem junto à matriz.

As sementes também podem ser outro método viável de reprodução desta planta, podendo conseguir assim combinações de cores diferentes dos espádices devido à polinização cruzada.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: MShades, Vitor Pamplona