A Planta Perfeita para Cada Lugar

Escrito por

Ter e cuidar de um jardim é saudável e dá prazer. As plantas são maravilhas da natureza e podemos nos rodear delas! Saiba como escolher a planta certa para o local que deseja.

Algumas Causas de Insucesso com Plantas

Planejar e visitar hortos e floriculturas, escolher mudas levar para casa e começar a cuidar. Fácil? Sim e não. Depois de um tempo, muitas podem ficar de mau aspecto e até fenecer.

As explicações para o insucesso são principalmente locais inadequados para a planta, substratos encharcados, falta de nutrição, entre outros fatores.
A planta perfeita precisa ser, além da que gostamos, também a que se desenvolverá de forma saudável e que ficará bonita no local para onde a destinarmos.

Escolha suas Plantas Conforme a Luminosidade do Local

begonias

Begônias

O segredo para escolher o local perfeito para a planta está na luminosidade.

O jardim terá diferentes quantidades de luz natural conforme o horário do dia, conforme sua orientação solar, quantidade de nebulosidade e pelas sombras de edificações e muros.

Os interiores também deverão ser observados. Há luminosidade suficiente junto a janelas? Há sol direto e em que horário?

Veja a seguir os tipos de luminosidade conforme a orientação do terreno e casa.

Orientação Leste a Norte

Sol pela manhã, ideal para plantas de folhas sensíveis, tais como violetas africanas (Saintpaulia), begônias (Begonia spp.), samambaias (Platycerium, Dianthum, Nephrolepis, Asplenium,etc.) e lírio-da-paz (Spatiphyllum).

Também plantas de horta, do tipo folhosas (alfaces, rúculas).

Orientação Norte e Oeste

Sol após o meio dia até o ocaso. As plantas resistentes ao sol se beneficiam desta exposição.

Estão nesta listagem as árvores, a maioria das palmeiras e plantas arbustivas, muitas herbáceas de grande porte e muitas forrações e plantas aromáticas de condimentos.

Agave

Para exemplificar, temos árvores lindas como os ipês (Tabebuia spp.), arbustos floridos como as azaleias (Rhododendron spp.) e flores o ano todo com as herbáceas do gênero strelitzia (Strelitzia spp.).

Plantas com característica xerófita, adaptadas a regiões áridas, são de sol, como o agave (Agave spp.), com folhas acinzentadas e carnosas. Algumas, inclusive, têm pelos esbranquiçados que refletem a luz do sol, não permitindo que seu calor queime as folhas.

Estão neste grupo os aloés (Aloe spp.) e os calancões (Kalanchoe spp.).

Como dentro de casa, janelas com a orientação Norte-Oeste terão muito sol, poderemos cultivar plantas de vários tipos, até citros em miniatura, se desejarmos, dependendo do espaço disponível.

Se quisermos folhagens mais sensíveis, como a begônia rex, podemos diminuir a intensidade de luz com a colocação de cortinas leves, quase transparentes.

Sol Indireto ou Meia Sombra

Nas áreas externas, plantas altas como árvores, palmeiras e arbustos terão suas sombras móveis conforme o horário do dia. É sob o abrigo que cultivaremos plantas mais sensíveis, como as bromélias.

Orientação Sul

Paredes e muros para o sul não terão sol durante o dia, mas a luminosidade natural poderá ser aproveitada para jardins especiais, com flores e de folhagens muito bonitas.

Exemplos são a aglaoanemas (Aglaonema), antúrios (Anthurium andreianum) e balsaminas (Impatiens).

Plantas para Interior

Calanchoe

Dentro de casa, temos dependências sem sol direto, como poços de luz e jardins de inverno, que também podem ser decoradas com plantas. Basta introduzir lâmpadas especiais que aumentem a luminosidade necessária para seu desenvolvimento.

A luz natural propicia a elaboração da glicose pelas folhas, no fenômeno conhecido como fotossíntese. Quando não há luz suficiente isto não ocorre, então o processo para a síntese da glicose para a obtenção de energia necessária para a planta viver será muito afetado.

As plantas de sol, necessitam dele para continuarem suas funções, mas as plantas de sombra serão inibidas no seu crescimento, mostrarão queimadura nas folhas e poderão definhar.

Outros Cuidados Importantes para a Saúde das Plantas

A planta para se desenvolver necessita de ar, luminosidade adequada, nutrientes e água. Muitas vezes ataques inoportunos de insetos acabam por matar a muda, independente de todos os fatores estarem certos.

A vigilância constante, principalmente em áreas externas, minimizará os efeitos nocivos, pois assim que surgirem deveremos fazer o combate das pragas, de forma ecologicamente correta.

A planta que você aprecia será perfeita para cada lugar que deseja se este for adequado para que se mantenha saudável e for bem cuidada.