Reciclagem do vidro!

Escrito por

A Reciclagem do vidro é o processo pelo qual o vidro é basicamente derretido e refeito para sua reutilização.

Dependendo da finalidade do seu uso, pode ser necessário separá-lo em cores diferentes.

As três cores principais são:

- Vidro incolor

- Vidro verde

- Vidro marrom/âmbar

O vidro é obtido pela fusão de componentes inorgânicos a altas temperaturas, e resfriamento rápido da massa resultante até um estado rígido, não-cristalino.

O processo de produção do vidro do tipo sodacal utiliza como matérias-primas, basicamente, arreia, barrilha, calcário e feldspato.
Um procedimento comum do processo é adicionar-se à mistura das matérias-primas cacos de vidro gerados internamente na fábrica ou adquiridos, reduzindo sensivelmente os custos de produção.

O vidro é um material não-poroso que resiste a temperaturas de até 150°C (vidro comum) sem perda de suas propriedades físicas e químicas.
Esse fato faz com que os produtos possam ser reutilizados várias vezes para a mesma finalidade.

A reciclagem de vidro significa enviar ao produtos de embalagens o vidro usado para que este seja reutilizado como matéria-prima para a produção de novas embalagens.

O vidro é 100% reciclável, não ocorrendo perda de material durante o processo de fusão.
Para cada tonelada de caco de vidro limpo, obtém-se uma tonelada de vidro novo.
Além disso, cerca de 1,2 tonelada de matéria-prima deixa de ser consumida.

Além da redução do consumo de matérias-primas retiradas da natureza, a adição do caco à mistura reduz o tempo de fusão na fabricação do vidro, tendo como conseqüência uma redução significativa no consumo energético de produção.
Também proporciona a redução de custos de limpeza urbana e diminuição do volume do lixo em aterros sanitários.

Que vidros podem ser reciclados

Separe para reciclagem, retirando antes o excesso de sujeira:

Reciclável :  garrafas de bebida, frascos em geral, potes de produtos alimentícios, copos

Não reciclável :  espelhos, cristais, vidros de janelas, vidros de automóveis, lâmpadas, ampolas de medicamentos, cerâmicas, porcelanas, tubos de TV e de computadores.

A qualidade do caco de vidro

A qualidade do caco de vidro é muito importante para a industria, pois ao contrário disto o caco com impurezas e contaminado pode danificar equipamentos (principalmente fornos) de produção e acabam produzindo embalagens com defeitos.

Para isso não acorrer é necessário que as embalagens passem pelo beneficiamento, ou seja, as tampas e rótulos precisam ser retirados e as embalagens precisam passar por um processo de lavagem para ser removido o resíduo.

Vidros farmacêuticos / laboratório
Embalagens de vidro que contenham elementos químicos, nocivos a saúde ou corrosivos (classe 1) devem ser descontaminados antes de ir para a reciclagem.
Para maior segurança, procure o Órgão Ambiental de sua região para dar o destino final adequado para o material.

Segregação de cacos para reciclagem de vidro plano
O caco de vidro plano (float (liso) ou impresso) não deve ser misturado ao de embalagens.

Sua reciclagem é feita junto às insdútrias fabricantes e através de recicladores especializados, que adquirem caco junto à rede de venda de vidros de reposição para veículos.

O caco laminado também pode ser ser reciclado por um císrculo ainda menor de receptores, os quais processam o mesmo atrvés de moagem, removendo o filme plástico de PVB (polivinilbutiral), que se limpo de forma adequada (livre de caqinhos) também pode vir a ser reciclado.
Assim se você desejar reciclar algum caco de vidro plano, incluindo espelhos, a forma mais prática é oferecê-o a uma vidraçaria de seu bairro, aqual particpe da coleta de caco, destinando o caco gerado para um sucateiro.

OBS: O vidro aramado não é reciclavél.

fonte: Abividro  /  abal.org.br  /    Wikipedia