Prancha de surf – Introdução à produção de pranchas!

Escrito por

Prancha de surf…

Tecnicas de Construção de Prancha de Surf & Windsurf

É importante que você tenha alguns aparelhos de segurança: luvas de borracha, máscaras de papel e máscaras com respiradores com filtro para produtos químicos.

Evite contato com a fibra, porque a penetração de agulhas microscópicas de vidro podem provocar irritação da pele, coceira, principalmente entre os dedos.

Trabalhar num lugar ventilado, sem vento, sem crianças ou animais domesticos.

Prancha de surf - Shape

Para o início de um bom shape é necessário uma sala com luzes especiais, ou seja, luzes laterais na altura do cavalete.

Uma vez colocado no cavalete o poliuretano, neste deve ser riscado o out-line (linha da prancha desejada), sendo que esta deve ser traçada na parte inferior do poliuretano.
Esta linha pode ser copiada de uma prancha.

Uma vez traçado o out-line, como por exemplo uma prancha com 1,80m, no meio dela deve ser colocada a largura máxima desejada. Riscado o line deve ser cortado sobre o modelo desejado.

Depois corte e acerte a linha com surform a fim de que a prancha de surf fique com o out-line preciso.

Como trabalhar com o poliuretano (plug,bloco ou placa)

Prancha de surf  -  shape

Prancha de surf – shape

Deve-se gastar o poliuretano na parte inferior, com uma plaina elétrica ou manual, sendo que na parte inferior a prancha deverá ter um bom desgaste no poliuretano no lado do bico a fim de se obter uma boa envergadura na prancha.

Já o lado da rabeta deve-se gastar o mínimo possível do modelo do shape até que o surfista calcule a flutuação ideal para o seu uso.
A longarina deve ser rebaixada com a plaina manual.

Terminada a parte inferior da prancha deve-se comerçar a parte superior ou o lado de cima dela.

O lado de cima da prancha deverá ter uma modelagem uniforme ou seja, a parte que se deve shapear mais é o lado inferior do poliuretano e não o superior.

Borda

Para um fácil caimento da borda, o shape deve ser colocado no cavalete de lado, e então comerçar a gastar a borda com surform, usando o surfom do bico até a rabeta formando assim várias linhas.

Terminada as linhas, arredondar com lixa de ferro até que a borda fique uniforme para ter flutuação adequada do bico até a rabeta.

Prancha de surf - Glass

Prancha de surf  -  prontaPara a laminação transparente devemos começar primeiramente em baixo da prancha, colocando o tecido sobre a parte inferior e cortando com uma folga de tecido de aproximadamente 7cm.

Colocado o tecido em toda a prancha, preparar 800g de resina pré-acelerada, 40g de monômero, misturar até o monômero diluir a resina.

Diluida a resina, adicionar 4% de catalizador e misturar bem.

Com a resina catalizada, deverá ser jogada em cima do tecido e então começar a espalhar a resina sobre a prancha com a espátula, deixando a resina escorrer no tecido da borda.

O tempo de trabalho da resina é de aproximadamente 15 a 25 minutos conforme a temperatura ambiente.

Para a laminação superior, usa-se o mesmo sistema, sendo a medida respectivamente 700g de resina, 30g de monômero e 3,5% de catalizador.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Lane 4 Imaging, Alex E. Proimos