O trabalho artesanal e a Cadeia Produtiva do Artesanato!

Escrito por

Trabalho artesanal …

Artesanato

É essencialmente o próprio trabalho manual ou produção de um artesão (de artesão + ato).
Mas com a mecanização da indústria o artesão é identificado como aquele que produz objetos pertencentes à chamada cultura popular.

O artesanato é tradicionalmente a produção de caráter familiar, na qual o produtor (artesão) possui os meios de produção (sendo o proprietário da oficina e das ferramentas) e trabalha com a família em sua própria casa, realizando todas as etapas da produção, desde o preparo da matéria-prima, até o acabamento final; ou seja, não havendo divisão do trabalho ou especialização para a confecção de algum produto.

Em algumas situações o artesão tinha junto a si um ajudante ou aprendiz.

O artesão:

Artesão é o profissional, em geral sem formação técnica, que trabalha individualmente na produção de ofício manual (artesanato) e aí obtém a sua renda.

Considerando a forma de produção, o artesão pode ser:

Artesão-artista: é aquele que por sua criatividade, originalidade, graciosidade e perícia produz peças que provocam profundo sentimento de admiração naqueles que as observam.
Exemplos: talhadores, gravadores, escultores, pintor ingênuo (arte naif) etc.

Trabalho artesanal

Trabalho artesanal

Artesão-artesão: é aquele que trabalha em série, muitas vezes com ajuda de ferramentas e mecanismos rudimentares, produzindo dezenas de peças, centrado mais no aspecto utilitário das peças que produz que em despertar no observador o sentimento de beleza.

Cerâmica ornamentada produzida manualmente com ou sem torno de pé.

Artesão semi-industrial: é aquele que trabalhando a partir de moldes ou e de outros processos semi-industriais reproduz dezenas de peças iguais. Ex: peças utilitárias de cerâmica produzidas de forma semi-industrial (tigelas, jarros, potes etc).

Um dos maiores argumentos, em favor do aprimoramento do artesanato brasileiro, passa pela criatividade e diversidade de nossos mestres artesãos.

A capacidade criativa do artesão é muito maior que sua vocação gerencial para empreendimentos comerciais.

A busca de soluções para compatibilizar a criatividade dos artesãos e suas aptidões como gestores de negócios, tem sua importância intensificada quando consideramos o espaço do artesanato na geração de postos de trabalho e renda para as comunidades.

Os produtos artesanais

Os produtos artesanais que trazem referências culturais valem-se de elementos que compõe e reportam esse produto ao seu lugar de origem ou a seu produtor artesanal.

Essa referência pode se manifestar através do uso de materiais locais, ferramentas e insumos ou, de técnicas de produção também locais ou, ainda, a partir de conhecimentos próprios do seu produtor e de seus antepassados.

As técnicas artesanais originam-se da necessidade de transformar a matéria-prima local em objetos utilitários ou para outros fins.

fonte:Wikipedia

Cadeia Produtiva do Artesanato

Trabalho artesanal - artesao

Trabalho artesanal

Defini-se a cadeia produtiva do artesanato como o conjunto de ações que determinam o desenvolvimento dos produtos artesanais, desde os seus insumos básicos, produção, distribuição até a comercialização junto ao mercado consumidor.

A apresentação a seguir, ilustra as várias etapas que percorre o produto artesanal na cadeia produtiva do artesanato.

Estas etapas, desde a obtenção da matériaprima até o consumidor final,ajudam a demonstrar a categoria do produto e o seu público alvo.

 

Trabalho artesanal tabela

Trabalho artesanal tabela

 fonte:PUC-Rio

Realidade produtiva

O estudo da realidade produtiva procura delimitar um perfil da atividade e de seus produtores quanto a:

– capacidade produtiva;
– capacidade de união em grupos,
– associações ou cooperativas;
– qualidade da produção;
– perfil de produtores e grupos;
– conhecimento e domínio de técnicas artesanais;
– acabamentos e custos de produtos.