Como Fazer Glitter Caseiro

Escrito por

Glitter e purpurina iluminam o visual, sendo praticamente indissociáveis de algumas ocasiões: usados no corpo para o Carnaval e na decoração no Natal, por exemplo. No entanto, esses microplásticos são nocivos ao meio ambiente. Aprenda a fazer glitter caseiro com receitas biodegradáveis.

O material do glitter consiste num pó de plástico ou papel – cerca de 1 mm² por partícula. Ele é pintado em cores vibrantes, metálicas ou iridescentes e refletem a luz com bastante brilho.
O material da purpurina, por sua vez, é metálico, e suas dimensões podem ser um pouco maiores.

Ambos podem ser usados no corpo. No entanto, esses dois pozinhos encantadores são capazes de provocar alguns danos ao meio ambiente uma vez que chegam a rios e oceanos. Por isso, versões orgânicas caseiras estão em alta.
Confira algumas receitas de glitter sustentável a seguir.

Como o Glitter e a Purpurina Prejudicam o Meio Ambiente

moça glitterMesmo sendo muito pequenas, as partículas de glitter e purpurina podem fazer estragos nos ecossistemas pluvial e marítimo.

Pequenos animais e plânctons ingerem facilmente esses materiais, e perpetuam a intoxicação ao serem comidos por peixes maiores.

Mais que isso: há sinais de microplásticos até mesmo no sal marinho que usamos para cozinhar.

Junto com outros microplásticos, o glitter e a purpurina ajudam a prejudicar a própria fotossíntese das algas, afetando todo o ciclo de alimentação dos seres aquáticos.

Receitas de Glitter e Purpurina Biodegradáveis

moça loura glitterA maneira mais fácil de continuar cintilando, mas de forma sustentável, é comprar pó brilhante para confeiteiro, que vem em diversas cores. Simples assim.

Outra maneira é pingar corante alimentício da cor que você mais gosta sobre o sal, bem aos poucos para não dissolvê-lo.

Quanto mais corante, mais escuro ficará o tom.
Misture bem e deixe secar por três ou quatro horas.

Se quiser um brilho branco, ponha o sal sobre papel manteiga numa assadeira até cristalizar. Retire, deixe esfriar e use.

Glitter Orgânico: Já no Mercado

Algumas empresas conectadas com as novas tendências e comprometidas com a sustentabilidade já produzem e vender glitter orgânico, feito a partir de minerais naturais ou mesmo algas marinhas.

Uma vez lavados, eles voltam ao seu estado original na natureza.

As lojas Pura.Bioglitter e Lush são duas delas.